O TERRENO

Por iniciativa do Vereador Alcindo Almeida Silva, no dia 07 de Agosto de 1972, a proposta de discussão da doação do terreno para a construção do Templo Budista apoiada pelo poder público municipal, foi votada e aprovada. Na época, a sociedade budista era presidida pelo Sr. Toshiyuki Murai, que não mediu esforços para a construção do Templo,  que começou assim que foi promulgada a lei de doação do terreno (Lei 4.166 de 14 de Setembro de 1972) pelo então Prefeito de Campinas, Sr. Orestes Quercia. Os cultos budistas eram realizados em pequenas reuniões familiares e nas grandes festas religiosas, principalmente a festa do dia 8 de Abril denominada Hanamatsuri, dia em que se comemora o nascimento do Buda Shakyamuni, eram feitas no Clube Nipo-Brasileiro. A exemplo de outras cidades, o budismo começou a se tornar comum em Campinas graças à construção do templo. E assim por iniciativa do então Vereador Alcindo Silva, no dia 7 de Agosto de 1972, a proposta de discussão da doação do terreno para a construção do Templo Budista, apoiada pelo poder público municipal, foi votada e aprovada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s